Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quarta-feira, 27 de junho de 2007

Still loving you

Time, it needs time
To win back your love again.
I will be there, I will be there.

Love, only love
Can bring back your love someday.
I will be there, I will be there.

Fight, babe, I'll fight
To win back your love again.
I will be there, I will be there.

Love, only love
Can break down the walls someday.
I will be there, I will be there.

If we'd go again
All the way from the start,
I would try to change
The things that killed our love.

Your pride has build a wall, so strong
That I can't get through.
Is there really no chance
To start once again?
I'm loving you.

Try, baby try
To trust in my love again.
I will be there, I will be there.

Love, your love
Just shouldn't be thrown away.
I will be there, I will be there.

If we'd go again
All the way from the start,
I would try to change
The things that killed our love.

Your pride has build a wall, so strong
That I can't get through.
Is there really no chance
To start once again?

If we'd go again
All the way from the start,
I would try to change
The things that killed our love.

Yes I've hurt your pride, and I know
What you've been through.
You should give me a chance
This can't be the end.

I'm still loving you.
I'm still loving you,
I need your love.
I'm still loving you.
Still loving you, baby...


Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui




I started a joke

I started a joke
Eu comecei uma brincadeira
Which started the whole world crying
Que fez o mundo começar a chorar
Oh but I didn't see
Oh mas eu não vi
That the joke was on me oh no
Que a brincadeira era comigo, oh não
And I started to cry
E eu comecei a chorar
Which started the whole world laughing
Que fez o mundo todo começar a sorrir
Oh If I'd only seen
Oh se eu apenas percebesse
That the joke was on me
Que a brincadeira era comigo
And I looked at the skies
E eu olhei para o céu,
Running my hands over my eyes
Passando minhas mãos em meus olhos
And I fell out of bed
E eu caí da cama
Cursing my head for things that I've said
Amaldiçoando minha mente pelas coisas que tenho dito.
'Till I finaly died
Até que finalmente morri,
Which started the whole world living
Que fez o mundo todo começar um viver
Oh If I'd only seen
Oh se eu apenas percebesse
That the joke was on me
Que a brincadeira era comigo
And I looked at the skies
E eu olhei para o céu
Running my hands over my eyes
Passando minhas mãos em meus olhos
And I fell out of bed
E eu caí da cama,
Cursing my head for things that I've said
Amaldiçoando minha mente pelas coisas que tenho dito.
'Till I finaly died
Até que finalmente morri,
Which started the whole world living
Que fez o mundo todo começar um viver
Oh If I'd only seen
Oh se eu apenas percebesse
That the joke was on me
Que a brincadeira era comigo
Oh no that the joke was on me...
Oh não, que a brincadeira era comigo...

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

terça-feira, 19 de junho de 2007

Camino verde

José Feliciano . Exímio cantor e violonista, José Monserrate Feliciano, nasceu em Porto Rico, em 10 de Setembro de 1945. Autodidata, começou tocando acordeon antes de tocar violão. Já na adolescência tocava profissionalmente em Nova Iorque, onde foi visto por um executivo da R C A, que o contratou. Sua fama alastrou-se com o lançamento de " Light My Fire " ( Doors Music Co. ASCAP 01/06/1968 ). Infelizmente, nunca teve uma produção à altura e seus discos não acompanharam o sucesso das apresentações ao vivo, nas quais demonstra excelente presença cênica, apesar de ser cego de nascença.

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

Hoy he vuelto a pasar
por aquel camino verde
que por el valle se pierde
con mi triste soledad.

Hoy he vuelto a rezar
a la puerta de la ermita
le pedí a tu virgencita
que allí te vuelva a encontrar

Chorus: Por el camino verde
camino verde
que va a la ermita;
desde que tu te fuiste
lloran de pena las margaritas
La fuente se ha secao
las azucenas están marchitas
en el camino verde
camino verde
que va a la ermita.

Hoy he vuelto a pasar
por aquel camino verde
que por el valle se pierde
toda mi felicidad.

Hoy he vuelto a grabar
nuestros nombres en la encina
he subido a la colina
y allí me he puesto a llorar.

domingo, 17 de junho de 2007

Sin ti

Sin ti,
no podre vivir jamas
y pensar que nunca mas
estaras junto a mi.
Sin ti,
que me puede ya importar,
si lo que me hace llorar
esta lejos de aqui.
Sin ti,
no hay clemencia en mi dolor,
la esperanza de mi amor
te la llevas al fin.
Sin ti,
es inutil vivir,
como inutil sera
el quererte olvidar.

Sin ti,
no podre vivir jamas
y pensar que nunca mas
estaras junto a mi.
Sin ti,
que me puede ya importar,
si lo que me hace llorar
esta lejos de aqui.
Sin ti,
no hay clemencia en mi dolor,
la esperanza de mi amor
te la llevas al fin.
Sin ti,
es inutil vivir,
como inutil sera
el quererte olvidar.

Flor de Azalea

Como espuma que inerte lleva el caudaloso río
Flor de Azalea la vida en su avalancha te arrastró
pero al salvarte hallar pudiste protección y abrigo
donde curar tu corazón herido por el dolor

Tu sonrisa refleja el paso de las horas negras
tu mirada la más amarga desesperación
hoy para siempre quiero que olvides tus pasadas penas
y que tan sólo tenga horas serenas tu corazón

Quisiera ser la golondrina que al amanecer
a tu ventana llega para ver a través del cristal
y despertarte muy dulcemente si aun estás dormida
a la alborada de una nueva vida llena de amor

Quisiera ser la golondrina que al amanecer
a tu ventana llega para ver a través del cristal
y despertarte muy dulcemente si aun estás dormida
a la alborada de una nueva vida llena de amor

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui


sexta-feira, 15 de junho de 2007

Ma vie

Maa vie
J'en ai vu des amants
Maaaa vie
L'amour ça fout le camp

Je sais
On me dit qu'ça vaut rien
Ma vie
Mais c'est long le chemin

Maaa vie
J'en ai lu des toujours
Maaaa vie
J'en ai vu de beaux jours

Je sais
Et j'y reviens toujours
Je sais
Je crois trop en l'amour

Maaa vie
J'en ai vu des amants
Maaaa vie
L'amour ça fout le camp

Je sais
On me dit qu'ça vaut rien
Ma vie
Mais c'est long le chemin

Ma vie
Qu'il est long le chemin

Caso não consiga vr o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui


sábado, 9 de junho de 2007

Asi fue

A raínha da copla.

Isabel Pantoja nasceu a 2 de agosto de 1956 no bairro sevilhano de Triana,
Filha de artista um letrista de fandangos e uma bailarina, começou a carreira aos 6 anos e em pouco tempo passou a primeira figurados dos tablados.

Perdona si te hago llorar
Perdona si te hago sufrir
Pero es que no esta en mis manos
Pero es que no esta en mis manos,me he enamorado,
Me he enamorado,me enamore.
Perdona si te causo dolor
Perdona si hoy te digo adiós
Como decirle que te amo
Como decirle que te amo
Si el me ha preguntado,le dicho que no,
Le dicho que no.

Soy honesta con el y contigo
A el lo quiero y a ti te he olvidado
Si Tu quieres seremos amigos
Yo te ayudo a olvidar el pasado.

No te aferres,
Ya no te aferres, a un imposible
Ya no te hagas.ni me hagas mas daño.

Tu bien sabes que no fue mi culpa
Tu te fuiste sin decirme nada
Y a pesar que llore como nunca
Yo seguía de ti enamorada.

Pero te fuiste
Y que regresabas,no me dijiste
Y sin mas nada por qué? No se
Pero fue así,así fue.

Te brinde la mejor de las suertes
Me propuse no hablarte ni verte
Y hoy que has vuelto ya ves,solo hay nada
Ya no puedo ni debo quererte.

Ya no te amo
Me ha enamorado,de un ser divino
De un buen amor
Que me enseno a olvidar
y a perdonar.

Caso não consigar ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>> aqui


Young love

They say for every boy and girl
There's just one love in this whole world
And I know I've found mine

The heavenly touch of your embrace
Tells me no one could take your place
Ever in my heart

Young love, first love
Filled with deep devotion
Young love, our love
We share with deep emotion

Just one kiss from your sweet lips
Will tell me that our love is real
And I, I can feel that it's true
For we will vow to one another
There will never be another
Love for you or for me

Young love, first love
Filled with deep devotion
Young love, our love
We share with deep emotion

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui


sexta-feira, 8 de junho de 2007

When the Saints go marching in

We are traveling in the footsteps
Of those who've gone before
But we'll all be reunited (But if we stand reunited)
On a new and sunlit shore (Then a new world is in store)

Oh when the Saints go marching in
When the Saints go marching in
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

And when the sun refuse (begins) to shine
And when the sun refuse (begins) to shine
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

When the moon turns red with blood
When the moon turns red with blood
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

On that hallelujah day
On that hallelujah day
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

Oh when the trumpet sounds the call
Oh when the trumpet sounds the call
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

Some say this world of trouble
Is the only one we need
But I'm waiting for that morning
When the new world is revealed

When the revelation (revolution) comes
When the revelation (revolution) comes
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

When the rich go out and work
When the rich go out and work
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

When the air is pure and clean
When the air is pure and clean
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

When we all have food to eat
When we all have food to eat
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

When our leaders learn to cry
When our leaders learn to cry
Oh Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>> aqui

Leaving on a jet plane

All my bags are packed, I'm ready to go
I'm standing here outside your door
I hate to wake you up to say goodbye
But the dawn is breakin', it's early morn
The taxi's waiting, he's blowin' his horn
Already I'm so lonesome I could cry.

[Chorus:]
So kiss me and smile for me
Tell me that you'll wait for me
Hold me like you'll never let me go.
I'm leavin' on a jet plane
I don't know when I'll be back again
Oh, babe, I hate to go.

There's so many times I've let you down
So many times I've played around
I tell you now, they don't mean a thing
Every place I go, I think of you
Every song I sing, I sing for you
When I come back, I'll wear your wedding ring.

[Chorus]

Now the time has come to leave you
One more time let me kiss you
Then close your eyes, I'll be on my way.
Dream about the days to come
When I won't have to leave alone
About the times, I won't have to say

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>> aqui







Where have all the flowers gone

(Já velhinhos mas ainda fabulosos)

Where have all the flowers gone, long time passing?
Where have all the flowers gone, long time ago?
Where have all the flowers gone?
Young girls have picked them everyone.
Oh, when will they ever learn?
Oh, when will they ever learn?

Where have all the young girls gone, long time passing?
Where have all the young girls gone, long time ago?
Where have all the young girls gone?
Gone for husbands everyone.
Oh, when will they ever learn?
Oh, when will they ever learn?

Where have all the husbands gone, long time passing?
Where have all the husbands gone, long time ago?
Where have all the husbands gone?
Gone for soldiers everyone
Oh, when will they ever learn?
Oh, when will they ever learn?

Where have all the soldiers gone, long time passing?
Where have all the soldiers gone, long time ago?
Where have all the soldiers gone?
Gone to graveyards, everyone.
Oh, when will they ever learn?
Oh, when will they ever learn?

Where have all the graveyards gone, long time passing?
Where have all the graveyards gone, long time ago?
Where have all the graveyards gone?
Gone to flowers, everyone.
Oh, when will they ever learn?
Oh, when will they ever learn?

Where have all the flowers gone, long time passing?
Where have all the flowers gone, long time ago?
Where have all the flowers gone?
Young girls have picked them everyone.
Oh, when will they ever learn?
Oh, when will they ever learn?



quinta-feira, 7 de junho de 2007

Cama e mesa

Eu quero ser sua canção, eu quero ser seu tom
Me esfregar na sua boca, ser o seu baton
O sabonete que te alisa em baixo do chuveiro
A toalha que desliza no seu corpo inteiro
Eu quero ser seu travesseiro e ter a noite inteira
Pra te beijar durante o tempo que você dormir
Eu quero ser o sol que entra no seu quarto adentro
Te acordar devagarinho, te fazer sorrir

Quero estar na maciez do toque dos seus dedos
E entrar na intimidade desses seus segredos
Quero ser a coisa boa, liberada ou proibida
Tudo em sua vida

Eu quero que você me dê o que você quiser
Quero te dar tudo que um homem dá pra uma mulher
E além de todo esse carinho que você me faz
Fico imaginando coisas, quero sempre mais

Você é o doce que eu mais gosto
Meu café completo, a bebida preferida e o prato predilecto
Eu como e bebo do melhor e não tenho hora certa
De manhã, de tarde, à noite, não faço dieta

Esse amor que alimenta minha fantasia
É meu sonho, minha festa, É minha alegria
A comida mais gostosa, o perfume e a bebida
Tudo em minha vida

Todo homem que sabe o que quer
Sabe dar e querer da mulher
O melhor e fazer desse amor
O que come, o que bebe, o que dá e recebe

Mas o homem que sabe o que quer
E se apaixona por uma mulher
Ele faz desse amor sua vida
A comida, a bebida, na justa medida

O homem que sabe o que quer
Sabe dar e querer da mulher
O melhor e fazer desse amor
O que come, o que bebe, o que dá e recebe

Mas o homem que sabe o que quer
Sabe dar e querer da mulher
O melhor e fazer desse amor
O que come, o que bebe, o que dá e recebe

Mas o homem que sabe o que quer
E se apaixona por uma mulher
Ele faz desse amor sua vida
A comida, a bebida, na justa medida

Caso não consiga ver o vídeo cicar >>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

Aquela casa simples

Naquela casa simples
Você falou pra mim
Que eu tivesse cuidado
E não sofresse com as coisas desse mundo
Que eu fosse um bom menino
Que eu trabalhasse muito
Que o nome do meu pai soubesse honrar
E nunca fosse um vagabundo

Ainda não era dia e você me dizia:
Deus te abençoe, te guarde,
Se mantenha sempre em sua companhia.
E eu te olhei nos olhos, eu te beijei a mão
Eu disse amém
E o meu abraço fez você ouvir meu coração

Vida minha, vida minha

E andando pela rua
Meu pai bem junto a mim
Olhava com ternura
A lágrima molhar meu paletó de brim

Toda a minha bagagem
Num banco da estação
Era de amor, coragem
As bênçãos do meu pai, a fé e um violão

E na cidade grande
Tristeza e alegria
Uma saudade imensa
E a solidão que eu ainda não conhecia

E o tempo foi passando
E então eu compreendi
Cada palavra sua
Naquela manhã do dia em que eu parti

Vida minha, vida minha
Vida minha, vida minha

E veio a primavera
E as flores do jardim
Enchiam de perfume
As cartas que chegavam de você pra mim

Mas hoje com sorrisos
Podemos recordar
Mas sempre que me lembro
A emoção e dá vontade de chorar

Vida minha, vida minha

Vida minha, vida minha

Recordações

Caso não consiga ver vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>> aqui



quarta-feira, 6 de junho de 2007

Put your hand on my shoulder

Put your hand on my shoulder
Hold me in your arms, baby
Squeeze me also tight...Show me
Show me that you love me too

Put your lips next to mine, dear
Won't you kiss me once, baby
Just a kiss good night...Maybe
Maybe you and I will fall in love

People say that love's a game
A game you just can't win
If there's a way I'll find it someday
And then this fool will rush in

Put your hand on my shoulder
Whisper in my ear, baby
Words i want to hear...Tell me
Tell me that you love me too

Put your hand on my shoulder
Whisper in my ear, baby
Words I want to hear...Baby
Put your hand on my shoulder

Para ver clicar >>>>>>>>>> aqui

Manhã de Carnaval


Difícil deduzir que a tímida Nara Loffego Leão, estava destinada a registar seu nome na história da MPB como a intérprete que abriu caminhos para Chico Buarque, Martinho da Vila, Edu Lobo, Paulinho da Viola e Fagner, entre outros, e, é claro, como a eterna musa da Bossa Nova.

O título que a acompanhou por toda vida foi adquirido nos tempos em que o apartamento dos seus pais na Av. Atlântica era o ponto de encontro dos meninos que criavam "sambas modernos".
Nara entregou-se de corpo, alma a iniciante Bossa Nova, mas surpreendeu ao interpretar sambistas esquecidos no seu disco de estreia. No segundo trabalho, apostou tudo nas canções de protesto.
A partir daí, popularizou-se como a mulher corajosa, diva do Show Opinião e ícone da juventude brasileira engajada contra a ditadura nos anos 60. E, não satisfeita, ainda teve tempo de participar do divino Tropicalismo de Caetano e Gil!

Após passar três anos em Paris, refugiou-se dos holofotes. Cuidou de sua vida particular, estudou Psicologia na PUC, e só voltou à carreira quando se viu doente e sem possibilidades de estudar.

Nos últimos anos, levou ao mundo a Bossa Nova em sua voz doce e emocionada. Quando morreu, na manhã de 7 de Junho de 1989, deixou pronto um disco de versões dos clássicos americanos que embalaram sua adolescência nos musicais exibidos pelo Cinema Metro Copacabana. A capricorniana nascida em 19 de janeiro de 1942 em Vitória, nos deixou aos 47 anos com marca registrada de seu signo: o retorno à juventude, fechando o ciclo da vida

Manhã tão bonita manhã
na vida uma nova canção
Cantando só teus olhos
teu riso e tuas mãos
pois há de haver um dia
em que virás
Das cordas do meu violão
que só teu amor procurou
vem uma voz
falar dos beijos
perdidos nos lábios teus
Manhã tão bonita manhã
na vida uma nova canção
Cantando só teus olhos
teu riso e tuas mãos
pois há de haver um dia
em que virás
Das cordas do meu violão
que só teu amor procurou
Canta o meu coração
alegria voltou, tão feliz
a manhã deste amor

Caso não consiga ver o video clicar >>>>>>>>>> aqui





Tristeza não tem fim


Marcus Vinicius da Cruz de Mello Moraes , ou Vinicius de Moraes ,nasceu no Rio de Janeiro a 19 de outubro de 1913 e morreu no Rio de Janeiro a 9 de julho de 1980 foi diplomata ,jornalista ,poeta e compositor.

Poeta essencialmente lírico, o " poetinha " (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos , forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido por também ser boemio inveterado, fumante e apreciador do uísque , Vinicius também era conhecido por ser um grande conquistador.

O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida.


Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim ,Toquinho ,Baden Powell e Carlos Lyra .



Tristeza não tem fim

Felicidade sim

A felicidade é como a gota

De orvalho numa pétala de flor

Brilha tranquila

Depois de leve oscila

E cai como uma lágrima de amor


A felicidade é uma coisa louca

Mas tão delicada também

Tem flores e amores de todas as cores

Tem ninhos de passarinhos, tudo de bom ela tem
E é por ela ser assim tão delicada
Que eu sempre trato dela muito bem


Tristeza não tem fim

Felicidade sim

Aqui a interpretação é de Toquinho e o acompanhamento de Tom Jobim

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>> aqui


segunda-feira, 4 de junho de 2007

Close to you

Nascidos em New Haven ,Connecticut ,Estados Unidos , ( Richard Lynn Carpenter em 15 de outubro de 1946 , e Karen Anne Carpenter em 2 de março de 1950 ), os irmãos Carpenter mudaram-se com seus pais para a Califórnia em 1963 e se estabeleceram em Los Angeles , no subúrbio de Downey . Richard desenvolveu seu interesse pela música desde criança , tornando-se um prodígio do piano (ele próprio declararia mais tarde que gostava muito de ouvir a coleção de discos de 78rpm de seu pai). A mudança para o Sul da Califórnia foi feita com vistas ao favorecimento de sua carreira. Karen, enquanto isso, não manifestou seus talentos musicais até a escola secundária, quando se juntou à banda e logo assumiu a bateria , após ter tentado tocar outros instrumentos musicais.

Os Carpenters estouraram nas paradas de sucesso em 1970 com a canção de Burt Bacharach e Hal David, (They Long to Be) Close to You (do disco de mesmo nome), que atingiu o topo e nele ficou por quatro semanas.

A popularidade dos Carpenters frequentemente confundia os críticos. Com suas baladas doces e suaves, muitos diziam que era o som do duo era meigo, piegas e meloso, enquanto a indústria fonográfica os premiava com Grammys (foram três).


No meio da década de 70, o excesso de turnês e as longas sessões de gravação começaram a cobrar caro da dupla o esforço e contribuíram para as dificuldades profissionais enfrentadas no final dessa década. Karen fazia dietas obsessivamente e desenvolveu anorexia nervosa , a qual se manifestou pela primeira vez em 1975, quando uma exausta e enfraquecida Karen foi forçada a cancelar apresentações no Reino Unido e no Japão . Richard, enquanto isso, desenvolveu dependência de soníferos, que começaram a afectar seu desempenho no final dos anos 70 e levaram ao fim das apresentações ao vivo da dupla em 1978 e à sua internação em uma clínica.


Os problemas pessoais, entretanto, diminuíram as possibilidades de um retorno às paradas e Karen teve um casamento que não deu certo com Thomas Burris, a separação ocorreu um ano depois. Em 1982, Karen foi Nova York procurar tratamento com o psicoterapeuta Steven Levenkrom para suas desordens alimentares decorrentes da anorexia nervosa, voltando naquele mesmo ano disposta a refazer sua carreira.

Ela rapidamente ganhou 5 quilos em uma semana, o que aumentou os danos a seu coração , resultado de anos de dieta e abusos de remédios. Em 4 de fevereiro de 1983 , Karen sofreu uma parada cardíaca na casa de seus pais em Downey e teve sua morte declarada no Hospital Memorial de Downey aos 32 anos. Karen, vestida de rosa, foi posta em um caixão aberto. Entre os que foram às exéquias estavam suas melhores amigas, Olivia Newton-John eDionne Warwick
.
Why do birds suddenly appear
Every time you are near?
Just like me, they long to be
Close to you
Why do stars fall down from the sky
Every time you walk by?
Just like me, they long to be
Close to you
On the day that you were born
The angels got together
And decided to create a dream come true
So they sprinkled moondust
In your hair of gold
And starlight in your eyes of blue

That is why all the girls in town (girls in town)
Follow you (follow you)
All around (all around)
Just like me, they long to be
Close to you

On the day that you were born
The angels got together
And decided to create a dream come true
So they sprinkled moondust
In your hair of gold
And starlight in your eyes of blue

That is why all the girls in town (girls in town)
Follow you (follow you)
All around (all around)
Just like me, they long to be
Close to you

Just like me (just like me)
They long to be
Close to you

(Ah, aahh, aahh) Close to you
(Ah, aahh, aahh) Close to you
(Ah, aahh, aahh) Close to you
(Ah, aahh, aahh) Close to you

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>> aqui



sábado, 2 de junho de 2007

Caruso


Esta miúda é fantástica


Qui dove il mare luccica,

e tira forte il vento
sulla vecchia terrazza
davanti al golfo di Surriento
un uomo abbraccia una ragazza
dopo che aveva pianto
poi si schiarisce la voce,
e ricomincia il canto

Te vojo bene assai
ma tanto tanto bene sai
è una catena ormai
che scioglie il sangue dint' e vene sai...
Vide le luci in mezzo al mare,
pensò alle notti là in America
ma erano solo le lampare
e la bianca scia di un'elica
sentì il dolore nella musica,
e si alzò dal pianoforte
ma quando vide uscire
la luna da una nuvola,
gli sembró più dolce anche la morte
guardó negli occhi la ragazza,
quegli occhi verdi come il mare
poi all'improvviso usci una lacrima
e lui credette di affogare
Te vojo bene assai
è una catena ormai
che scioglie il sangue dint'e vene sai...

Potenza della lirica,
dove ogni dramma `
e un falso
che con un po' di trucco e con la mimica
puoi diventare un altro
ma due occhi che ti guardano,
cosi vicini e veri
ti fan scordare le parole
confondono i pensieri
cosi diventa tutto piccolo
anche le notti là in America
ti volti e vedi la tua vita,
dietro la scia di un'elica
ma si, `
e la vita che finisce,
e non ci penso poi tanto
anzi, si sentiva già felice,
e ricominciò il suo canto

Te vojo bene assai
ma tantoo tanto bene sai
è una catena ormai
che scioglie il sangue dint'e vene sai...

Caso não consiga ver vídeo se escolheu a opção abaixo indicada clicar >>>> aqui





Wooden heart


Elvis Aaron Presley nasceu emEast Tupelo ,Mississippi em 8 de janeiro de 1935 e faleceu em16 de agosto de 1977 foi um famoso cantor ,músico ,actor e dançarino norte-americano , sendo mundialmente denominado O Rei do Rock .
Uma de suas maiores virtudes era a sua voz , devido ao seu alcance vocal , que atingia, segundo especialistas, notas musicais de difícil alcance para um cantor popular. A crítica especializada reconhece seu expressivo ganho, em extensão, com a maturidade; além de virtuoso senso rítmico, força interpretativa e um timbre de voz que o destacava entre os cantores populares, sendo avaliado como um dos maiores e por outros como o melhor cantor popular do século 20.
(extraido de Wilkipedia)

Can't you see
I love you
Please don't break my heart in two
That's not hard to do
'Cause I don't have a wooden heart
And if you say goodbye
Then I know that I would cry
Maybe I would die
'Cause I don't have a wooden heart
There's no strings upon this love of mine
It was always you from the start
Treat me nice
Treat me good
Treat me like you really should
'Cause I'm not made of wood
And I don't have a wooden heart

Muss i denn, muss i denn
Zum Stadtele hinaus
Stadtele hinaus
Und du, mein schat, bleibst hier?

There's no strings upon this love of mine
It was always you from the start
Sei mir gut
Sei mir gut
Sei mir wie du wirklich sollst
Wie du wirklich sollst
'Cause I don't have a wooden heart

Caso não consiga ver o vídeo utilizando a opção de fim de página clicar >>>>> aqui



sexta-feira, 1 de junho de 2007

Como é grande o meu amor por você

Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você
E não há nada pra comparar
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor por você
Nem mesmo o céu, nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor
Nem mais bonito

Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você
Nunca se esqueça nenhum segundo,
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você

Caso não consiga ver o vídeo opção em fundo de página clicar >>>>> aqui