Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Greem Green grass of home

Tom Jones um cantor galês com 68 anos ainda canta por aí.

Carreira de 50 anos, não é fácil, não tem o êxito doutros tempos em que canta coisa como esta ou Delilah

he old home town looks the same,
As I step down from the train,
And there to meet me is my mama and papa
Down the road I look and there runs Mary
Hair of gold and lips like cherries
It's good to touch the green, green grass of home

Yes, they'll all be there to meet me,
All creatures smiling sweetly
It's good to touch the green, green grass of home

The old house is still standing,
Though the paint is cracked and dry
And there's an old oak tree that I used to play on
Down the lane I'll walk with my sweet Mary
Hair of gold and lips like cherries
It's good to touch the green, green grass of home

Then I awake and look around me
Cold gray walls surround me
And I realize that I was only dreamin'
There's a guard and there's a sad old padre
Arm and arm we'll walk at daybreak
Again I'll touch the green, green grass of home

Yes, they'll all be there to meet me
In the shadow of that old oak tree
As they lay me beneath the green, green grass of home



Para ver clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Iracema e outras

Adoniran Barbosa, nome artístico de João Rubinato, (Valinhos, 6 de agosto de 1910 — São Paulo, 23 de novembro de 1982) foi um compositor, cantor, humorista e actor brasileiro. Rubinato representava em programas de rádio diversos personagens, entre os quais, Adoniran Barbosa, o qual acabou por se confundir com seu criador dada a sua popularidade frente aos demais.
Como compositor além das que aqui se ouvem e compôs muitas mais, destaco o famoso Trem das Onze.

De Elis Regina , que mais se pode dizer duma cantora que mesmo tendo morrido já há 26 anos, continua a ser recordada, pelo menos em Portugal


Para ver clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

terça-feira, 21 de outubro de 2008

As time goes by

Dooley Wilson foi um actor e cantor americano, que muito embora tenha participado em mais de vinte filmes, ganhou a imortalidade pela sua participação neste filme de 1942, chamado Casablanca, onde interpretou este tema, encarnando a figura de Sam, um pianista-cantor do bar de Rick (Humprey Bogart), frequentado pela sueca Ilsa (Ingrid Bergman), que encarnam o par romântico, de um amor que não acaba bem.

Para ver e ouvir também uma pequena passagem do filme clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Escultura

Nelson nasceu António Gonçalves, em 01 de junho de 1919. Seus pais, imigrantes Portugueses, tinham acabado de chegar ao Brasil pelo Rio de Janeiro, indo então para o Rio Grande do Sul. Quanto Tonico fez seis dias de vida mudaram-se para São Paulo, estabelecendo-se no Brás.

Pouco chegado ao trabalho, seu Manuel, o pai de Tonico, tocava violino em feiras-livres se fingindo de cego para arrecadar alguns trocados, enquanto o filho, com 6 anos de idade cantava empoleirado em cima de um caixote.

Gago, o garoto ganhando a alcunha de Metralha, pois falava cuspindo as palavras como uma metralhadora.

Como António não era um nome sonoro, os amigos sugeriram-lhe Nelson, mais melodioso.

Nos anos 80 gravou com a nova geração da MPB e nos anos 90 com diversos grandes nomes do rock nacional. Morreu em 18 de abril de 1998.

Cansado de tanto amar
Eu quis um dia criar
Na minha imaginação
Um mulher diferente
De olhar e voz envolvente
Que atingisse a perfeição

Comecei a esculturar
No meu sonho singular
Essa mulher fantasia
Dei-lhe a voz de Dulcinéia
A malícia de Frinéia
E a pureza de Maria

Em Gioconda fui buscar
O sorriso e o olhar
Em Du Barry o glamour
E para maior beleza
Dei-lhe o porte de nobreza
De madame Pompadour

E assim de retalho em retalho
Terminei o meu trabalho
O meu sonho de escultor
E quando cheguei ao fim
Tinha diante de mim
Você, só você meu amor.




object width="500" height="405">

sábado, 11 de outubro de 2008

(Sittin' On) the Dock of the Bay

Otis Redding morreu com 26 anos quando estava para se tornar uma das maiores estrelas do pop. Pouco antes de morrer ele havia se apresentado com sucesso no festival de Monterrey, agradando á platéia branca e hippie.
Otis entrou para o Rock and roll Hall of fame em 1989.

Para ver e ouvir clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

Sitting in the morning sun
I'll be sitting when the evening comes
Watching the ships roll in
And I watch 'em roll away again

[Chorus]
Sitting on the dock of the bay
Watching the tide roll away
I'm just sitting on the dock of the bay
Wasting time

I left my home in Georgia
Headed for the 'Frisco bay
'Cause I had nothin to live for
And look like nothing's gonna come my way

So I'm just...
[Chorus]

Look like nothing's gonna change
Everything still remains the same
I can't do what ten people tell me to do
So I guess I'll remain the same

Sittin here resting my bones
And this loneliness won't leave me alone
It's two thousand miles I roamed
Just to make this dock my home

Now, I'm just...
[Chorus]

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Crazy

Patsy Cline, morreu em 1963 com apenas 30 anos, mas apesar de sua vida curta, tornaria-se uma das intérpretes mais influentes da história da música popular norte-americana.

I'm crazy
crazy for feeling
so lonely
I'm crazy
crazy for feeling so blue
I know you'd love me
as long as you wanted
then someday leave me
for somebody new worry
why do I let myself
worry wondring
what in the world
did I do crazy
for thinking
that my love
could hold you
I'm crazy for crying
I'm crazy for trying
I'm crazy for loving you

para ver clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

I'm sorry

Não tem nada que saber está quase nos 64, como aliás acontece a muito boa gente, é da geração de ouro da música anglo-saxónica, falo de Branda Lee e ouvir este tema, sugere-me a ideia de ter alguma quilometragem nas pernas a dançar este tema e o cheirinho fresco a alfazema que as miúdas do meu tempo, deixavam escorrer por alguns pescoços lindos de morrer.

Caso não consiga ver o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui


I'm sorry, so sorry,
Please accept my apology,
But love is blind
And I was too blind to see
Oh oh oh oh uh-oh oh yes

You tell me
Mistakes are part of being young
But that don't right
The wrong that's been done
Oh oh oh oh uh-oh oh yes

I'm sorry, so sorry,
Please accept my apology,
But love was blind
And I was too blind to see

para ver clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui

domingo, 5 de outubro de 2008

Viva el Pasodoble

Também dançávamos coisas destas mais maneirinhas e menos exigentes para os jovens iniciantes a dançarinos

Cantado por essa figura lendária de Espanha, como a nossa Amália, como ela também já falecida.

Cantava assim em 1992.

clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui